Publicado por: Advance | 10/11/2010

Empresa que demitiu funcionária após crítica no Facebook

O Conselho Nacional do Trabalho dos Estados Unidos apresentou uma queixa contra uma empresa que demitiu uma funcionária “ilegalmente” após ela ter postado uma crítica contra o chefe em sua página no Facebook.

Na semana passada, um serviço de ambulância demitiu uma técnica de emergência médica a acusando de violar a política da empresa, que proíbe os funcionários de exporem a companhia no Facebook e em outras redes sociais.

Segundo o órgão, criticar chefes em redes sociais é uma atividade protegida e, por isso, as empresas estariam violando a lei ao punir funcionários que postam declarações em sites. Este é o primeiro caso em que o órgão intervém contra a demissão de funcionário devido à conteúdo publicado em redes sociais.

O conselho é uma agência federal independente que decide disputas entre empregadores do setor privado. Segundo o jornal The New York Times, o caso pode abrir precedentes para outras disputas entre trabalhadores e empresas quanto ao conteúdo publicado em redes sociais.


fonte: portal G1.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: